Itens filtrados por data: Agosto 2012 - Ceramica Fortijolo

Quarta, 15 Agosto 2012 05:35

Vedação – 09x19x29cm

Peso – 2,4Kg / peça
Carga (toco) – 4.200 un.
Carga (truck) – 5.600 un.
Peças por palete – 420 un.

Publicado em Vedação
Quarta, 15 Agosto 2012 05:21

Vedação – 14x19x29cm

Morbi erat ipsum, mollis nec convallis vitae, malesuada rhoncus lorem. Cras dignissim nulla eget nunc commodo gravida. Proin scelerisque odio mauris, ut venenatis erat. Nam vel turpis non turpis faucibus luctus. Curabitur porta tristique aliquam. Nullam at leo vel nunc interdum ultricies mollis vel ligula. Vestibulum et sapien et dolor viverra tempor sed vel risus. Sed adipiscing ante ornare metus hendrerit id fermentum massa faucibus. Integer tincidunt vestibulum vulputate.

Publicado em Vedação

No interior de Minas Gerais, uma fábrica de cerâmica vende mais do que tijolos e telhas. A nova aposta do negócio é no mercado de carbono, mecanismo internacional pelo qual uma empresa que usa práticas sustentáveis vende créditos a empreendimentos que têm dificuldades para reduzir a emissão de gases no meio ambiente.

Nagib Jacob Iunes, 44 anos, proprietário da Cerâmica Ituiutaba, empresa localizada na cidade de mesmo nome, a 700 km de Belo Horizonte, começou a investir na despoluição da fábrica pelos fornos onde são queimados os produtos de cerâmica vermelha, como tijolos e telhas.

Em vez de lenha nativa sem manejo florestal, a empresa começou a usar biomassas de origem comprovadamente renováveis -- como serragem, cavaco e resíduos de madeireira –- para alimentar o fogo.

A troca, além de desestimular a prática do desmatamento, reduziu a emissão de gases como o dióxido de carbono, gás metano e óxido nitroso, responsáveis pelo aquecimento do planeta.

Segundo Nagib, a venda de crédito de carbono contribuiu para alavancar o crescimento da cerâmica. Ele explica que a empresa monitora a produção e a quantidade de restos de madeira gastos para a queima dos produtos.

A partir daí, são calculados os créditos gerados e é feita uma auditoria para verificar a autenticidade dos dados e notas fiscais. Com a quantidade de créditos apurada, a empresa vai para o mercado de venda de carbono.

Nagib acrescenta que essa venda é feita principalmente para empreendimentos de outros países. O processo é terceirizado por uma empresa que atua no mercado de crédito de carbono, a Social Carbon.

Publicado em Ultimas Notícias

A Associação das Cerâmicas Vermelhas de Itu e Região (Acervir) oferece uma nova edição do curso Aplicabilidade em Alvenaria Estrutural, no dia 20 de junho, na sede da entidade. A engenheira e mestre em construção civil Márcia Melo será a palestrante. A especialista conta com 12 anos de experiência no departamento técnico de indústria produtora de blocos para alvenaria estrutural e vedação. O treinamento abordará os principais conceitos e noções do sistema construtivo, leitura e interpretação de projetos e execução da alvenaria estrutural. A carga horária do curso é de 8 horas, e inclui apostila, coffee break e certificado. Para saber mais informações e se inscrever basta enviar e-mail para acervir@acervir.com.br ou entrar em contato pelos telefones (11) 4024-3294 e (11) 4024-4421.

Publicado em Ultimas Notícias

A CBIC lançou nesta quarta-feira (13), durante reunião do Conselho de Administração da entidade, em Brasília, o projeto Ética e Compliance na Construção, que visa despertar a consciência sobre ética e compliance e dar suporte aos empresários do setor para a gestão da ética em suas organizações, a fim de fazer cumprir as normas legais e regulamentares, as políticas e as diretrizes estabelecidas para o negócio.  “Um setor que não se posiciona sobre o que é certo ou errado acaba sendo responsável pelos erros dos outros”, destaca o presidente da CBIC, José Carlos Martins.

São prioridades do projeto: disseminar os conceitos e fundamentos sobre a ética, valores e princípios; promover o engajamento cada vez maior das empresas do segmento à causa, e compartilhar as boas práticas já existentes para que possam ser reconhecidas e transferidas como aprendizado a outras organizações.

O lançamento contou com exposições do consultor de Comunicação, Gustavo Krieger, sobre a questão da imagem do setor; do cientista político Leonardo Barreto sobre ética, reputação e o futuro da construção civil; da assessora jurídica Maria Luisa Guimarães, sobre a Lei Anticorrupção (Lei 12.846/2013 e Decreto 8.420/2015), e do consultor Vitor Seravalli sobre a estrutura do projeto, além da presidente do Fórum de Ação Social e Cidadania (Fasc), Ana Cláudia Gomes, e do vice-presidente Administrativo Adalberto Cleber Valadão.

Publicado em Ultimas Notícias